Qual a importância de conhecer o seu equipamento?

Image

Então amigos, qual a importância de você conhecer o seu equipamento? Não digo isso no sentido de saber o que tem dentro da sua mochila, mas sim no sentido de conhecer os usos daquele equipamento, inclusive dos seus medicamentos, por exemplo:

Quando procuramos por dicas de como montar nossos kit’s de Camping, Sobrevivencialismo, Pesca, enfim… kit’s que usamos por ai, somos sempre alvejados com um milhão de itens que são “imprescindíveis” , itens que se não tivermos possivelmente estaremos condenados à uma morte lenta e dolorosa. Entretanto.

Se pararmos pra pensar, muitos itens que as pessoas indicam como importantes, necessitam de algum conhecimento específico para que possamos usar-los de forma devida, não faz muito tempo que vi um companheiro falando que todo “aventureiro” deveria ter agulha e linha de sutura, amigos, sinceramente nunca tentem suturar uma pessoa sem que você tenha conhecimento pleno do buraco que está cavando,

Art. 129. Ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem:

Pena – detenção, de três meses a um ano.

Lesão corporal de natureza grave

§ 1º Se resulta:

I – Incapacidade para as ocupações habituais, por mais de trinta dias;

II – perigo de vida;

III – debilidade permanente de membro, sentido ou função;

IV – aceleração de parto:

Pena – reclusão, de um a cinco anos.

§ 2° Se resulta:

I – Incapacidade permanente para o trabalho;

II – enfermidade incuravel;

III – perda ou inutilização do membro, sentido ou função;

IV – deformidade permanente;

V – aborto:

Pena – reclusão, de dois a oito anos.”

Digo isso para aqueles empolgados que estão loucos por um momento para utilizarem todo o seu conhecimento adquirido via Youtube.

Em outras palavras, de que adianta você ter a agulha e a linha e não saber suturar? Muito provavelmente o risco de infecção que você traria a pessoa seria mais lesivo que o próprio ferimento em si, não invente moda, bote um curativo hipoalergênico se possível, ou estanque e corra pro PS ou atrás de um médico.

Costumam indicar também alguns medicamentos, por exemplo, FENERGAN, ATURGYL, DICLOFENACO SÓDICO, e diria que até mesmo o CLOR-IN, tão amado por todos os aventureiros. Me digam por favor, o que é mais perigoso? Uma picada de vespa ou um maluco te receitando remédios que ele não sabe ao certo pra que servem? Não adianta eu ter o FENERGAN se eu não sei o que é uma reação alérgica, não adianta eu ter um ATURGYL se ninguém do grupo tem rinite, não adianta ter o DICLOFENACO SÓDICO se eu não souber que ele serve pra dor e inflamação, mas e o nosso amado CLOR-IN? Amigos, acho que o uso excessivo de clorin como única fonte de purificação de água pode sim causar infecção por cloro, um cantil normal tem 900ml uma pastilha é feita para purificar 1L, mesmo que seja uma diferença pequena, o uso contínuo desse composto pode causar uma intoxicação mesmo que leve.

Ou seja as chances de se agravar uma situação se tornam maiores quando simplesmente não sabemos o que  estamos fazendo. Amigos, sinceramente “o inferno está cheio de boas intenções”.

E nem vou tão longe, não adianta nada você levar pederneira, rede, barraca, corda, etc. Se você não tiver a mínima ideia de como se usa isso, a natureza não vai ter pena só porque é a sua primeira vez acampando, você não vai achar instruções de como montar a sua barraca em um local seguro no meio do mato, sua rede não vai se armar sozinha, os nós não vão se atar sozinhos, a pederneira não vai iniciar fogo em lenha grossa, testem seus equipamentos, aprendam como usa-los, façam passeios curtos, conheçam o que vocês levam na mochila.

Só assim conseguiremos praticar qualquer esporte “Outdoor” de forma minimamente segura, espero ter passado a informação que pretendia, não sei se todos vão gostar do post, porém acho que é importante conscientizar as pessoas de que é necessário conhecer mais para carregar menos.

Conhecimento não pesa nada.

Anúncios

26 comentários

  • Pessoal serei sincero. Eu vejo muitos kits de sobrevivência por aí. Muitos dos equipamentos eu não sei usar (linha de pesca, sutura). O que eu tenho separado para uma emergência são comidas enlatadas, uma faca grande (Imbel AMZ), uma faca pequena (Mora 511), Água, Mochila de Lona, Victorinox Ranger, Pederneira, 30m de corda e Isqueiro. Esse pequeno equipamento eu posso usar bem. No mais o que eu tenho é uma moto Honda Bros para uma eventual fuga já que ela suportaria bem todo tipo de pista.

    • Você pode adquirir conhecimento para usar outros materiais, muito em breve, postarei um texto sobre um equipamento muito barato, que todos sabemos usar, mas que sempre ignoramos como item de sobrevivência.

  • Obter equipamentos de boa procedência, marcas confiáveis e testados por usuários experientes é fundamental. Senão…

  • Excelente postagem! O pessoal precisa tomar consciência que conhecer o equipamento, saber como usa-lo de forma efetiva e saber o limite de cada item que carrega consigo é melhor que ter um equipamento caro e top de linha. O pessoal fala muito à respeito de facas… Que aquela é a melhor de todas que esta outra não presta que vc tem que ter essa e etc… Mas se vc tiver um facão e um canivete swiço vc está bem servido desde que repeite os limites de cada ferramenta.
    Conhecer bem o kit de primeiros socorros é outra prioridade pois como foi dito se vc não sabe como usar os itens do kit de primeiros socorros ao invés de ajudar a vítima vc pode acabar agravando a condição dela.
    Prática é tudo!

  • Anderson Mendes

    As melhores coisas são simples! No caso ferimento o melhor tratamento é estancar o sangue e fazer a limpeza. Para isso, na maioria dos casos basta um pano limpo com compressão moderada persistente ppor cinco a dez minutos! Para a posterior limpeza, nada melhor do que água e sabão. Qualquer sabão, até aquele em barra mais barato mesmo! Depois cobrir com pano limpo e troca-lo quando sujar!
    Medicação , só as de livre comercialização como analgésicos comuns! Outros como antiinflamatórios e antialérgicos podem trazer riscos como reações adversas entre elas que podem ser potencializadas em situações de sobrevivência! Diclofenaco em paciente desidratado pode contribuir para falência renal, ou causar sangramento gástrico. Antialérgico pode causar reações no Sistema Nevoso que vão da sonolência à agitação e incoordenação motora! Já pensou você sonolento, ou agitadão numa situação que exija destreza como fazer fogo ou atravessar uma pinguela? Não vai dar certo!
    As agulhas só para costurar as roupas. Sutura é para profissional e mesmo assim, as vezes, mesmo com feita por um profissional, a sutura não dá os melhores resultados!
    O Clor-in é seguro na proporção certa de água! Se absurdamente concentrado pode causar queimações na oro faringe! Então se tiver pouca água não o use! Prefira o uso do ultra violeta! Não um aparelho elétrico, mas a mais potente fonte deles, a luz solar! Basta expor a água num recipiente transparente à luz solar por seis horas que mata tudo até vírus! Outro método é ferver a água por mais ou menos cinco minutos!
    Conheça os básico dos primeiros socorros! Há Ligas de Socorrismo em faculdades de medicina que ministram cursos geralmente gratuitos a comunidade em geral! Informe-se! Os cursos de socorrismo que se ministram atualmente para se tirar a Liçença para dirigir são bons também!
    Se você estiver em local de socorro inexistente ou inacessível aqui vão algumas condutas válidas e seguras:
    1- Lembre-se de se acalmar e transmitir segurança ao acidentado, medo ou pânico só atrapalham;
    2- Se não sabe o que fazer não faça nada, volte para o principal o item número 1;
    3- Queimaduras: basta pano limpo e molhado! Não retire os panos que estiverem grudados ao corpo
    4-Picadas de animais peçonhentos: não use torniquete! Como geralmente os acidentes ocorrem nos membros, deixá-los abaixo da linha do corpo, pendente, para retardar o retorno do sangue. Procurar socorro médico mais rápido possível de preferência em maca ou padiola.
    Torniquete só usar em casos de amputação de membro, devendo elevar o mesmo acima da linha do coração após compressão com pano por tempo indefinido do coto! Procurar socorro médico com absoluta urgência!
    5- Fraturas, torções ou luxações: imobilizar o membro na posição que estiver ou se absolutamente necessário colocar na posição mais anatômica possível ou naquela que induza menor dor a vítima e procurar socorro. especializado! Usar para imobilização, um galho, cano ou a outra perna, em caso de lesão no membro inferior.
    Espero ter ajudado!
    Anderson S. Mendes – médico de família e socorrista

    • Opa! Vlw pela contribuição Anderson.

  • g2-e88a1709334b86d1d03282b042b32a6a

    Sobre suturas, assistam http://www.youtube.com/watch?v=VDMAZMAgIIE. Imperdível!

    • Gostei da ideia do cara.

      • Anderson Mendes

        As suturas de ferimentos superficiais são feitas para dininuir a chance que se contaminem e acelerar o processo de cicatrização, deixando a cicatriz mais estética também. Mas não são imprencindíveis!
        Dos ferimentos se retira de tudo: espinhos; areia, asfalto, pedras, açucar, pó de café, teia de aranha e até excremento de vaca! Suturar alguém no mato, sem luz adequada, sem boas condições é trancar a porta de casa com o ladrão dentro dela e jogar a chave fora! Talvez terá que saltar pela janela para se salvar! Espero que a janela não esteja muito alta porque a queda ou no caso, o a sutura pode te matar! Não faria em alguém de minha família e portanto, não faria em mais ninguém!
        Se não pode ajudar, não prejudique! Um dos mais conhecidos e muitas vezes esquecidos aforismos de Hipócrates, o grego Pai da Medicina!
        Saudações!

      • É que o povo fica assistindo filmes onde os caras tomam um tiro, e se suturam na moral como se nada tivesse acontecido. E não percebem que aquilo só é possível na telinha.

  • Sou leigo no assunto Filtros de Água. Minha dúvida é: este tipo de filtro é usado em geladeiras. Presume-se que a água já passou par algum tipo de tratamento.
    O Lifestraw me parece que também age contra bactérias, vírus e protozoários. Dá a ententer que seja mais completo.
    Então, no caso de se estar no mato, tirando água de um rio que pode estar contaminado. Este filtro usado em geladeira seria eficaz ????

    • Diego Ferreira da Silva

      Tá legal, acabei de fazer uma pesquisa.

      Esse tipo de filtro Filtra partículas até 5 micra “O cartucho contém carvão ativado granulado para retirar o cloro, sabores e odores desagradáveis da água,
      e com dois filtros internos de polipropileno para retenção de particulas de até 5 micra (5 milésimos de milimetro). ”
      Já o Lifestraw, no site oficial deles diz: “Filtros 2 estágios de filtração de partículas- filtros de partículas de 125 microns até 15 microns.”.
      Pelo que entendi (se alguém puder solucionar nossa dúvida) o filtro a que me referi filtra partículas menores que o lifestraw filtra.
      Entretanto, o que me referi é um filtro, que por definição deve ser usado com uma água de melhor tratamento, enquanto que o Lifestraw é um purificador e por definição deve fazer até aquela água de coco de elefante que o Bear Grillz se tornar potável.
      Fica então a critério de cada um usar. E a todos fica a pergunta: vale a pena? Eu usaria, poderia ferver a água por segurança. (lembrando que não ganho nada fazendo propaganda desse ou daquele produto, apenas acho que tem coisas que meu bolso agradece se o preço for justo).

      • É bom sempre lembrar que da pra purificar a água por UV.

        acho que esse filtro da geladeira funciona sim… inclusive filtro de purificador de água doméstico também funciona.

      • Sobre filtros, posso tecer alguns comentários, já que estudei muito o assunto.
        Esse filtro de geladeira não serve para o mateiro, infelizmente. Se visitarem o endereço do Mercado Livre fornecido pelo Diego, verão que o uso sugerido é para água obtida com osmose reversa. Água puríssima. E a “peneira” mais fina somente facilitaria o entupimento rápido, no mato. Pior. Ele declorifica a água. Mas é justamente o que não queremos. Usamos o cloro para matar microrganismos. Todos andam com seu Clor-in. Ou não? A função real desse filtro é reter raras partículas ocasionais e declorificar a água, já que o cloro ataca as tubulações da geladeira, no longo prazo. Esqueçam esse.
        Querem um bom filtro básico a preço de banana? Visitem o canal do grande Colhane, no You Tube. Ele mostra o que construiu e ensina como fazer. Aula indispensável. Já assisti mais de uma vez.
        Life Straw. Esse é uma maravilha. Filtra a água e mata mais de 99 % dos microrganismos, potabilizando-a; é levíssimo. De fato, o Bear Grylls deveria ter usado, para não “pagar o mico”. Bebe-se a água diretamente da fonte, sem intermediários. Poça d’água, que seja. Filtra 1 000 l. 1 000 l, camaradas! Pode ser adquirido por cerca de R$ 80,00, taxa de entrega incluída. Não acreditam? http://www.ebay.com/itm/220971164853?ssPageName=STRK:MESINDXX:IT&_trksid=p3984.m1436.l2649#ht_897wt_1177. Quanto custa uma garrafa de 1 l de água no mercado? 1 000 l? Façam as contas. E a água do mercado tem coliformes fecais. Há um percentual que é aceito pelas normas. Confiram.
        O Life Straw é uma pechincha. Uso o meu no pescoço, já que é muito prático. Esse, sim, recomendo a todos que tenham um. Pelo menos.

  • Ótimo post Victor!

    E realmente concordo com o Diego, o Bear Grills pula demais…kkkkkkkkkkkkk.

    É como sempre dissemos aqui no blog, carregue o que você sabe usar… ninguém aprende nada na hora do desespero. Ótimo toque de consciência.

    Abraços.

    • Valeu Julio!

      Abraços.

  • Observações pertinentes, camarada.
    Para quem sabe usar, uma faca de cozinha fará toda a diferença. Para quem não sabe, uma BK-7 para nada servirá.
    Medicamentos? Dipirona, Cicatenol e Anaseptil. E porque sei usar muito bem. Se não soubesse, não levaria. O que interessa mais é parar o sangramento. O resto é secundário.
    Sua observação sobre o Clorin já me ocorreu. Por isso prefiro ferver a água por alguns minutos. Pasteurizar, pelo menos.
    A agulha serve para pregar um botão, costurar um rasgo na roupa. Sutura? Somente se for o Rambo.

    • É isso ai! Falei dos medicamentos porque tem muita gente “sugerindo” que as pessoas saiam por ai em situações de risco se auto-medicando coisa que não devemos fazer nem em condições normais.

      • Concordo!

  • Diego Ferreira da Silva

    Eu concordo. Da mesma maneira eu não levaria um kit de pesca: não tenho a minima idéia do que seja uma chumbada, como usar ou não uma boia, ou pra que tipo de peixe eu devo usar aquele anzol. Aliás, nem sei diferenciar um peixe do outro se não for no mercado. Acho que o pessoal devia parar um pouco com os “BEARGRILLIZMOS” e vivenciar mais o dia a dia, tanto do mato como sobrevivencialismo, camping e etc. Achar que uma coisa é boa só porque viu na TV ou no YT, é dar tiro no pé. Infelizmente não acampo, apesar de estar nos meus planos, então não falo do que não tenho domínio. Aprendo com estes vídeos e séries, amo, e principalmente, sei separar joio de trigo.
    O que mais aprendi com estas séries são os métodos de se iniciar fogo. VÁLIDO. Não tenho mais problemas no churrasco da família. Outra coisa que aprendi: Esteja sempre preparado, nada de improviso pois é a sua vida que está em jogo.
    Vivo o dia a dia na cidade, tenho meu equipamento que cobre minhas necessidades, desde um café com leite até uma dor muscular, passando por arrumar algum equipamento ou aparelho, dentro das minhas possibilidades e meus conhecimentos.
    Posso até dar dicas no melhor estilo MacGyver, porque uso no dia a dia, posso até dar dicas aqui do que eu, se fosse acampar, levaria (alguém vai dizer, embasado em que?!?!? observação lógica, posso até passar uma dica de filtro de água industrializado, 50% mais barato que um Life Straw e que rende cerca de 3.5 vezes mais).
    Enfim, sempre aprendendo aqui. Me sinto em casa.

    • Obrigado pela resposta amigo.

      Em defesa ao “A PROVA DE TUDO”:
      Adoro o Bear Grylls, é como se fosse o equivalente ao Big Brother pra mim… tipo sei que aquilo não se deve fazer na vida real, e que muita coisa ali se feita em uma situação de risco é loucura / desespero, mas mesmo assim acho o programa bem legal kkkkkkkkk

      podem me crucificar. hehehe

      • Considere-se crucificado. 😉

    • Qual é esse filtro industrial de que falou?

      • Boa pergunta, também estava me perguntando isso.

      • Diego Ferreira da Silva

        Abaixo vai o link do filtro no Mercado Livre. Ele é usado em geladeiras para filtrar aquela água que sai da porta. Além de purificar ele declorifica. Pesa pouco, acho que não chega a 300 gramas. em lojas especializadas um técnico me disse que sai em torno de R$ 30,00 (muito mais barato que no link), e pasmem, filtra 2500 litros, contra os 700 litros do life straw, que está na faixa dos R$ 130,00. Eu tenho um desses, adaptei na pia da cozinha. Ele também é vendido com uma mangueirinha, dái fica mais fácil pra quem estiver no mato, por exemplo. Quanto a vazão dele, vai depender da vazão da água, se você adaptar um funil para passar a água, e passar de uma garrafa para outra (uma idéia) é quase como passar a água pela peneira. Claro, eu não acampo, mas sei que cada grama na mochila conta, mas quem quiser fazer o teste e postar aqui depois falando se esses 300 gramas valem a pena… se não valer, pode por na cozinha e purificar a água em casa, que você não perde dinheiro, pois de qualuer maneira é um investimento saudável.

        http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-223096595-kit-filtro-de-agua-e-declorador-side-by-side-frete-gratis-_JM

        Quanto ao Bear Grills, também assisto, gosto, mas acho que ele pula demais…kkkk

    • flint broadhead

      Diogo. Quanto ao kit de pesca, trate de montar um e aprender a usar pois na falta total de alimentação, pequenos peixes e crustáceos, mesmo de água doce, são a fonte de alimentação mais fácil e segura de se obter. Arpões e lanças não vão te servir sem os peixes graúdos (cada vez mais raros no mundo todo) e com muuuuuita prática, até ganhar conhecimento suficiente pra isso já morreu de fome, então, os acarás e lambaris são os mais fáceis e rápidos de serem capturados, além de menor trabalho pra serem limpos e assados. pratique também a construção de arapucas pra capturar pombas e pequenas aves que vão ajudar se estiver em área de campos. Arames finos para arapucas ou empates para os anzóis também serão úteis, senão, aprenda técnicas de confecção de cordas naturais. Tudo o que se leva na cabeça não ocupa espaço e poupa o lombo, como já dizia meu avô.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s