Faça Você Mesmo – Fósforos Impermeáveis

Image Hosted by ImageShack.us

Manter o equipamento livre da água é uma preocupação em qualquer situação de mata, seja esta de sobrevivência, acampamento, trekking… Assim sendo, trago para vocês uma forma de proteger uma das coisas mais importantes no seu kit de sobrevivência, seus fósforos.

Seguimos então com um pequeno tutorial ensinando como fazer e usar os seus fósforos impermeáveis!

Primeiro passo: Selecione o material necessário.

Image Hosted by ImageShack.us

Para essa demonstração usei um pires, uma caixa de fósforos e uma vela grande, tudo muito simples de encontrar em casa. (Desculpem pela péssima claridade da foto, é que aproveitei a falta de luz para fazer as fotos)

Segundo passo: Mergulhe os fósforos na cera derretida.

Image Hosted by ImageShack.us

Mergulhe e gire o fósforo afim de cobri-lo com a cera de ponta à ponta, verifique se nem uma parte ficou sem cobertura.

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Fósforo recém “encerado” boiando em um copo d’água.
Image Hosted by ImageShack.us

Como usar seus fósforos impermeáveis:

Com a unha (ou uma faca) raspe a cabeça do fósforo, afim de retirar o excesso de cera. Lembre-se que a cera vai estragar a lixa caso não seja raspada.

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Dica de armazenamento:

Coloque seus fósforos em uma caixinha separada de outros itens para evitar bagunça na hora de usá-los. Lembre-se de colocar uma isca de fogo junto pois isso economiza tempo, te dando assim alguns minutos para resolver seu abrigo ou arrumar comida, enfim… tempo é precioso.

Image Hosted by ImageShack.us

Para finalizar e complementar, um pequeno vídeo com a demonstração de uso.

Espero que tenham gostado! Comentem!

Anúncios

24 Comentários

  • Mais um tutorial inestimável!!! Mas tenho dúvidas quanto a isca de fogo: Qual a melhor e tem como impermeabilizar???

    Abrçs…

  • Paulo Gomez

    Eu como um bom piromaníaco sempre gostei de mecher com parafina, pólvoras, isqueiros e fósforos. Já fiz isso que diz no post, mas nunca pensei nessa utilidade dele, com certeza vai me ajudar bastante.

    • Obrigado pelo feedback amigo.

  • Olá! Para não correr o risco de os palitos de fósforos molharem, não seria suficiente colocá-los naqueles saquinhos zip lock? Ou realmente é necessário fazer esta impermeabilização?

    • Se você quiser usar o saquinho ziploc tudo bem ele é feito pra manter as coisas secas… se quiser botar dentro de um saquinho de dindin (chup-chup) também vai dar certo.

      o problema é que quando você pegar ele pode molhar. ou se o saco molhar, todos os fósforos vão ficar inúteis… tecnicamente se você só jogar eles dentro de um potinho desses de vitamina C ele já vai ficar impermeável enquanto tiver dentro dele… o problema vai ser quando vc abrir, se tiver chovendo ou vc tiver com a mão molhada…

      tecnicamente se ele estiver encerado você terá a garantia de que ele vai queimar.

  • Mto simples e sensacional!!

    • que bom que gostou. Lembre de por a lixa junto com os fósforos, esqueci de mostrar dentro do tubo de vitamina C.

  • Obrigado pelo feedback! Que bom que vocês gostaram!

  • marcelo mamone

    Meus comentários não estão sendo publicados. O que será que estou fazendo de errado?

    • Acho que dessa vez deu certo ein?

    • Olá Marcelo!

      Por alguma razão seus comentários estão vindo como Spam aqui para o blog, mas já os desclassifiquei como tais.

      Abraços!

  • Opa, dica bem útil, obrigada! 🙂

  • marcelo mamone

    Oi, muito legal. Queria fazer a seguinte pergunta: Porque algumas pessoas gostam de usar a pederneira? Quais as vantagens e desvantagens entre o fosforo, a pederneira e o isqueiro?
    Obrigado.

    • Olá Marcelo,

      A pederneira é um pedaço de metal que quando recebe fricção de um metal mais rígido, acaba por produzir faíscas. Por ser apenas um metal ela é completamente resistente à água e à muitas intempéries do ambiente… porém é preciso treino, persistência e dedicação para iniciar um fogo com ela, visto que as faíscas tem de ser causadas sobre uma cama de fogo bem preparada. Já o fósforo é mais simples nesse quesito, afinal, é muito fácil acender uma fogueira com um, porém existe todo o aspecto de fragilidade dele (água, tempo e outros).

      O Isqueiro também entra no meio dos dois, é prático, mais resistente que a pederneira porém quando seu gás acabar, acaba-se o iniciador de fogo. A pederneira dura até 1000 riscadas, o que é mais do que necessário para acender diversas fogueiras.

      • marcelo mamone

        Obrigado pela resposta. Obrigado pela atenção.
        Abraços.
        Marcelo.

      • Se o Julio me permite complementar, acrescento que o uso de fósforos depende da quantidade que tiver. Uma caixa proporciona cerca 40 chamas. São muito sensíveis à umidade e vento. Se preparados como sugerido aqui, perde-se um pouco em volume e/ou quantidade. Necessitam de alguma perícia para uso. E, pior, no Brasil, o elemento químico Fósforo está na lixa e não no palito. Sem ela, são inúteis. Tem de protegê-la tão bem ou melhor do que os palitos.
        Isqueiro é mais objetivo. Menos habilidade é necessária. O grande proporciona cerca de 3 000 chamas. Vento e frio o limitam. Se a temperatura estiver muito baixa, não acende. Mas, acabado o gás, ainda proporciona faíscas. Não perde sua utilidade imediatamente.
        Pederneira. 7 000 tentativas, aproximadamente. Umidade, frio e vento (um pouco) não atrapalham. Produzirá faíscas do mesmo modo. Não é indestrutível, contudo. O Giuliano Toniolo tem um vídeo que mostra o problema com o qual ele teve de lidar. Precisa de cuidado na confecção da isca.
        Todos os meus estojos de primeiros-socorros têm uma pederneira e algodão comprimido (o.b.). No dia a dia, ando com um isqueiro Bic pequeno; uma pederneira no pescoço, ocasionalmente, acompanhada de uma “puukko”. Caixa de fósforo tenho apenas em um estojo de sobrevivência comprado pronto, porque veio na latinha.

      • Ótima complementação. Aproveitando o espaço do comentário, concordo plenamente com o Victor, devemos ter mais de uma forma de fazer fogo SEMPRE, e quanto ao isqueiro, vale a pena pagar mais caro e ter um produto legal na mão… não confiaria minha vida em um isqueiro de feira…rsrs.

    • Marcelo, levo sempre 3 facas e 3 formas de fazer fogo.

      Eis o porque, economia de tempo e de esforço, a pederneira não tem tanta precisão na hora que você vai fazer a faísca então você tem que fazer uma cama de fogo com área bem grande o que vai aumentar as chances de se acertar as faíscas.

      já sobre as facas, deixo pra falar em outro post.

      o fósforo é bem mais preciso, sendo assim com muito pouco iniciador você já pode começar uma fogueira, por exemplo um toco de vela (tente acertar o pavil da vela com uma pederneira) .

      o ísqueiro é como o fósforo… o maior problema é que tem aquele perigo dele estourar ou deixar vazar o fluído, ou aquelas milhões de situações que vemos periódicamente nos jornais que fiscalizam produtos.

      ou seja, se for usar um isqueiro, tenha certeza de que ele não é falsificado / vagabundo já que é um item que simplesmente não pode falhar.

      • marcelo mamone

        Valeu pela dica. Chego a conclusão então que, para um urbanóide sem muita experiência como eu, o ideal seria levar 3 isqueiros de boa qualidade acondicionados (separadamente)naqueles saquinhos a prova dagua.
        Todas as dicas foram muito proveitosas. Daqui a algum tempo, o responsável pelo blog poderá montar um bom manual.
        Abraços a todos.

      • Amigo, acho melhor que você tenha um isqueiro, alguns fósforos protegidos e uma pederneira, afinal de contas, ter opção não faz mal a ninguém não é? Imagina ai você com 3 isqueiros molhados, ou em uma situação de vento… ou pior, 3 isqueiros enlameados kk

  • Muito legal mesmo! Obrigado, tenho procurado fósforos à prova d’água,e não tenho encontrado. Não imaginava que era tão simples fabricá-los! Obrigado!

  • Muito Legal…amigo..!!!! muitos irãose beneficiar com esse tutorial.

    Abraços!

  • Muito bom tutorial! Simples, direto, útil e sem frescuras. Tanto as explicações como as fotos estão perfeitas para o fim desejado. Inclusive deu para notar o frasco de Vitamina C que foi utilizado para guardar os fósforos.

  • Excelente! Agradeço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s