Imagem da semana

Sabemos que o conhecimento é o processo de acumular dados, porém o que adianta ter todo o conhecimento se não colocamos em prática aquilo que tanto estudamos e sonhamos em fazer. Resolvemos no último acampamento aplicar as técnicas de sobrevivência que tanto ensinamos para vocês, e um dos resultados foram estes Lambaris, que foram limpos, temperados e assados. Valeu a pena as várias tentativas até conseguirmos peixes suficientes para todos que estavam acampando.

Anúncios

3 Comentários

  • É sempre bom ter um kit de pesca juto ao material de sobrevivência, nunca se sabe quando vai se precisar de um!
    Para seu kit de pesca sempre compre anzóis e linha de qualidade.
    As melhores iscas para se pegar quase todos os tipos de peixes são a minhoca e os insetos!
    A paciência em uma pescaria é um dos fatores fundamentais para se ter exito, ter conhecimento também é importante!
    A pescaria é como todas as outras técnicas de sobrevivência, só se aprende praticando!
    Se vc não tem experiência com pescaria pesquise um pouco sobre o assunto converse com quem entende e tire um tempo para praticar. a pescaria além de salvar sua vida em uma situação de sobrevivência, se o local onde vc se encontre for propicio para tal prática, é uma excelente forma de entretenimento e diversão.

  • Galera vendo esses peixes ai, fiquei até com vontade de pesca…
    É bem fácil a preparação dele e muito saboroso principalmente se coloca um limão por cima depois de frito.

    Uma duvida aqui se vocês usaram técnicas de sobrevivência, imagino que não levaram vara e nem isca pronta, o que usaram para pegar o peixe ?

    • Na verdade todos nós carregamos um kit de pesca na mochila, que nada mais é que alguns metros de linha e um anzol. Neste dia utilizamos o cordão de nylon que fica dentro da paracord para testar e a isca utilizamos macarrão, onde estávamos era uma queda d’água e os peixes ficam ali comendo o que vem pela correnteza, então foi jogar alguns pedacinhos e logo em seguida ir com a linha, foi simples e exigiu um pouco de paciência, mas valeu a pena! Dá para fazer bolinhas com trigo e água, faz a massinha e coloca no anzol. A taboca tem nas pontas do seu galho um espinho semelhante a um anzol, pode ser utilizado também mais é um pouco frágil, se você tiver alguma dica só nos falar que tentaremos colocar em prática.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s