Armazenando comida: Dicas sobre o que estocar

Saber como guardar comida para sobrevivência de longo termo é uma habilidade essencial que poucos têm. Como dito no post anterior, nossos ancestrais tinham esta necessidade, porém como as cidades cresceram e mercados tornaram-se presentes em todos locais, essa prática foi abandonada. Agora, em tempos incertos e com grande potencial para crises, falta de alimentos e conflitos políticos, muitos estão aprendendo como guardar comida e outras necessidades novamente para tempos de emergência. Aqui vão algumas dicas de como guardar comida para sobreviver.

Armazenando comida: Uma introdução

No tempo de nossos antepassados, havia a cultura de ter em casa um bom estoque de comida (pelo menos dois meses), visto que o acesso a mercados não era tão fácil como hoje. Atualmente possuímos a cultura de ter em casa o bastante para um dia de alimentação, pois quando este acaba podemos ir ao restaurante ou mercado mais próximo e adquirir comida para o próximo dia.

Quatro grandes características de um sobrevivencialista

Algumas situações me levaram pensar a respeito das qualidades necessárias que devemos encontrar em um sobrevivente e após procurar sobre tópicos a respeito na internet acabei chegando a quatro características que, mesmo sendo muito amplas, resumem bem o tema. Vale lembrar que estas quatro características são também as mais predominantes em pessoas reais que sobreviveram a situações extraordinárias.

Preconceito e sobrevivencialismo

Porque as pessoas interpretam os sobrevivencialistas como um bando de doidos preocupados com o fim do mundo ou guerras nucleares eu nunca vou entender. Claro, sempre temos os loucos de verdade (que moram em bunkers, têm armários de armas e comem ração militar), mas a grande maioria que vejo pela internet discutindo sobre sobrevivência são pessoas normais. Na verdade, as coisas que nós falamos eram consideradas de conhecimento geral a certo tempo atrás.

Ouro: Um investimento válido

A primeira grande pergunta é: Porque investir em ouro?
Simples. Historicamente o ouro tem se mostrado um método eficaz de preservar suas riquezas quando a moeda nacional está perdendo valor. Se os seus investimentos são avaliados em um sistema monetário decadente, alocar parte de seus bens em ouro assegura uma base de estabilidade. Vale lembrar que para se ter uma base de comparação, a grama do ouro subiu 215% em seu valor somente dos anos de 2005 até 2010.