BICICLETAS NA PREPARAÇÃO

Ir do ponto A ao ponto B o mais rápido possível é uma das coisas mais importantes quando ocorre um desastre. Quando uma emergência ocorre, muitas vezes, velocidade significa sobrevivência. Um veículo motorizado pode fazer isso convenientemente, mas quando as estradas estão congestionadas e o combustível é escasso, o que você fará?

Em condições ideais, com estradas desobstruídas e trânsito leve, as bicicletas sempre comem a poeira dos veículos motorizados. Mas durante alguma eventualidade com danos generalizados, as condições serão menos do que ideais e pode haver casos em que um carro será ineficaz, especialmente se você estiver em uma área densamente povoada. Congestionamento será inevitável e rotas podem ser repletas de obstáculos e detritos que seu veículo pode não ser capaz de manobrar em torno. As pessoas farão fila nos postos e pode não haver combustível suficiente para todos. E obviamente, o transporte público também estará fora da equação.

Você precisa ter um meio de transporte que exija o mínimo de recursos possível para tirar você e seus suprimentos de locais perigosos. As bicicletas, máquinas simples que muitas vezes atribuímos como passeios recreativos nos fins de semana, podem ser a resposta.

Combustível

A maior vantagem das bicicletas sobre os veículos motorizados é o combustível, especificamente a falta de necessidade dele.

As bicicletas são movidas por humanos e seu alcance dura enquanto você tiver vontade e força para se mover. Em situações onde o combustível se torna escasso, a força do pedal supera os motores motorizados.

Claro, você sempre pode caminhar até seu destino. Mas entre caminhar carregando seu equipamento a uma velocidade média de 5 km / h e viajar de bicicleta a 14 km / h, pela mesma quantidade de energia, a escolha é clara.

Disponibilidade de peças e manutenção

O motor de combustão interna médio não pode ser reparado pelo indivíduo médio. Além disso, os veículos de hoje estão cada vez mais mudando de mecânicos para digitais com avanços como tecnologia e conectividade inteligente.

Mesmo se você tiver um carro mais antigo e mais simples, a disponibilidade de peças pode se tornar um problema quando algo funciona mal, e não será tão simples quanto substituí-las por itens encontrados. A compra de peças sobressalentes pode ser cara e o armazenamento será um problema, e você não pode comprar várias peças sobressalentes para cada item mecânico em seu carro.

As bicicletas, por outro lado, são um dos meios de transporte mais simples: duas rodas e uma corrente conectada a dispositivos de direção e freio. As peças da bicicleta são abundantes, fáceis de encontrar e fáceis de armazenar. Mais importante, eles também são fáceis de manter. Você pode comprar algumas bicicletas velhas da mesma época por um preço baixo e suas peças geralmente serão intercambiáveis ​​e ocuparão apenas um pequeno canto do seu galpão.

Manter uma bicicleta em boas condições de funcionamento é tão simples que quase qualquer pessoa pode fazê-lo. Algumas das ferramentas necessárias são encontradas com tanta frequência que provavelmente você já as possui em seu kit. As pequenas ferramentas especiais que as bicicletas requerem, como chaves de corrente ou chaves de boca, são normalmente baratas e pequenas o suficiente para não exigirem muito espaço extra em sua caixa de ferramentas. Finalmente, a manutenção regular consiste em lubrificar as partes móveis, ajustar os cabos esticados e corrigir os aros e leva apenas uma ou duas horas, no máximo, e estende a vida útil da bicicleta por anos, até décadas.

Flexibilidade

Com racks e cestos, uma bicicleta pode carregar 50 kg de equipamento tranquilamente, muito mais do que uma pessoa comum pode carregar a pé. Para cargas maiores ou terrenos muito acidentados, você pode simplesmente descer da bicicleta e usá-la como uma mula de carga.

 As bicicletas podem facilmente manobrar em torno de grandes obstáculos, filtrar o tráfego e lidar com terrenos acidentados, útil no caso de haver muito trânsito ou se você precisar tomar rotas alternativas.

Inconvenientes

Mas mesmo com suas muitas vantagens, uma bicicleta ainda está longe de ser perfeita. Além de sua velocidade limitada, as bicicletas deixam você exposto aos elementos. Você pode usar uma capa à prova d’água ou roupas de inverno, mas não chegará perto do conforto de um veículo fechado e com climatização. Em caso de perigo, você pode até usar seu carro como abrigo temporário, algo que você realmente não pode fazer com sua bicicleta.

A segurança ao andar de bicicleta também é um grande problema. Nos casos em que você precisa se defender, uma bicicleta oferece pouca proteção. Com um carro, você pode se trancar dentro e ganhar tempo para fugir. Com uma bicicleta, sua única opção é desmontar e tentar se proteger ou pedalar mais forte, mas esteja ciente de que isso não funcionará o tempo todo. São pontos contra parecidos em comparação em uma evasão a pé.

Por último, o alcance e a capacidade de carga de uma bicicleta são tão bons quanto seu proprietário. A menos que você seja um ciclista olímpico, a resistência da sua bicicleta e o potencial de transporte de carga são muito limitados por suas habilidades físicas.

Conclusão

Uma bicicleta não será capaz de substituir um veículo motorizado, especialmente no início de um desastre, mas também é uma má ideia descartá-la por completo. Em uma situação de sobrevivência prolongada, o valor de uma bicicleta aumenta.

Além de transportar pessoas e mercadorias, com a engenhosidade certa, pode ser utilizado como uma ferramenta multifuncional que pode auxiliar no atendimento das necessidades básicas. Muito útil em regiões rurais, que são naturalmente mais tranquilas, as coisas estão mais afastadas e na falta de um carro, você ganhar um bônus de velocidade e capacidade de carga.

Embora uma bicicleta não seja páreo para um carro, pode ser uma boa alternativa em algumas situações. Mantenha o carro funcionando, mas mantenha uma ou duas bicicletas por precaução.

Texto traduzido e adaptado do site American Outdoor Guide.

8 Comentários

  • Show de bola, gosto muito de assunto que faz com que, vc pense lá na frente💪🤝👍👊

  • a bicicleta pode ser um backup, vai em cima do carro, se o carro parar sem condições de conserto ou de substituição, pode-se sacar a bicicleta e continuar dali, quando a bicicleta não for mais viável, por qualquer razão, ai continua-se a pé.

  • Antonio Leao

    Sou mecânico de bike. Na minha opinião pessoal foi a melhor invenção do homem

  • otimo texto prefiro textos e esse tal podcast , o artigo esta exelente, biks eletricas tambem são exelentes.

  • Paulo de Cássio Teles

    Quais os carros mais apropriados para longos periodos de crise, ou queda total dos sistemas?
    Carros antigos como o Fusca, Variant, Fiat147 seriam mais indicados ?

    • de preferência um antigo, com motor a diesel. basta o diesel e o motor em condições e ele anda, não precisa nem de bateria. um pequeno impurrão de meio metro basta para funcionar.

  • igor cezarino

    Obrigado por trazer o texto até nos, excelente texto.

  • Gilberto Gonçalves

    Tem muito da questão cultural, a bicicleta é um meio de transporte incrível e além de tudo permite que levemos o necessário e sem chamar atenção, sem falar que podemos ir por caminhos alternativos. Me desloco na cidade do Rio de Janeiro e afirmo que em condições normais de trânsito sou mais eficiente pedalando do que de carro…
    Em tempo, sou taxista, sei do que falo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s