COMO CARREGAR SUA FACA?

A faca foi uma das primeiras ferramentas desenvolvidas pelo homem primitivo, e ainda hoje uma lâmina confiável continua sendo uma das ferramentas mais fundamentais para a sobrevivência. No entanto, uma faca não é muito boa se você não puder acessá-la com rapidez, segurança e confiabilidade. Isso nos levou a considerar várias opções para carregar uma faca e os benefícios potenciais de cada uma.

Agora, não estamos falando de canivetes para ​​EDC, pois eles quase sempre estão presos na bainha, pelo clip ou carregadas dentro do bolso. Estamos focando especificamente em facas de lâmina fixa – do tipo que você usaria para sobrevivência, artesanato, caça, autodefesa ou trabalho externo geral de serviço pesado.

TERMINOLOGIA DE TRANSPORTE DE LÂMINA FIXA

[Número] Horas

Se você estivesse olhando para um corpo de cima, 12:00 seria a fivela do cinto, 3:00 seria o quadril direito, 9:00 seria o quadril esquerdo e assim por diante. A posição mais comum de transporte da bainha da faca para um usuário destro seria a posição 3:00; um canhoto costumava carregar às 9:00.

Lado Forte / Dominante

O mesmo lado da sua mão dominante. Se você normalmente usa a faca com a mão direita, isso significa carregar a lâmina no lado direito (entre 12:00 e 6:00).

Lado Fraco / Suporte

O mesmo lado da sua mão não dominante. Por exemplo, um usuário destro carregando à esquerda do corpo.

Lembre-se de que o lado em que você leva e o lado em que você usa a faca são duas considerações independentes. Algumas pessoas preferem usar na mão do lado forte uma arma e na mão do lado fraco uma faca, enquanto outras preferem o lado forte de ambas. De qualquer forma, o treinamento é essencial para estabelecer firmemente sua preferência e se sentir confortável com ela. Você também deve praticar com a mão oposta, caso sua mão preferida seja ferida em uma situação de emergência.

IWB ou OWB

OWB, ou fora da cintura, é o método mais comum de transportar uma faca e expõe a bainha para acesso rápido.

As considerações de IWB (foto) e OWB se aplicam às facas da mesma forma que às armas de fogo.

As posições de transporte do IWB (dentro da cintura) posicionam a bainha da faca dentro da calça enquanto a mesma ainda está presa com segurança ao cinto. O transporte IWB é geralmente combinado com uma roupa mais longa e escolhido para fins de ocultação.

Ângulo

O ângulo pode facilitar o acesso de uma faca, direcionando seu cabo em direção ao local que o usuário agarra e pode torná-lo mais confortável de transportar. Também é útil para ocultação. Por esse motivo, muitas bainhas incluem um clipe rotativo que permite escala ajustável.

O clipe de cinto para esta bainha TOPS Hazen Legion 6.0 pode ser girado 360 graus para uma gama completa de ajustes de escala.

ESTILOS DE TRANSPORTE DE CINTO

Agora que cobrimos alguns dos termos que você precisa saber, falaremos sobre o estilo mais comum de transporte de faca: no cinto. A maioria das bainhas de lâmina fixa de tamanho médio será projetada para esse estilo de transporte, com um clipe, presilha ou fenda que acomoda o cinto.

OWB

TOPS Fieldcraft com bainha Kydex e ferrolho incluído, OWB usado às 3:00.

O subconjunto mais típico de transporte de cinto envolve a fixação da bainha ao cinto fora da cintura, no lado forte. Essa seria a posição 3:00 para usuários destros, ou 9:00 para usuários canhotos.

IWB

Chad McBroom, instrutor de combates com armas afiadas, tira uma faca ColonelBlades LowVz da posição apêndice da IWB.

O transporte dentro da cintura é um dos melhores métodos para ocultar uma lâmina. A bainha é usada como um coldre de pistola – para uso com a mão direita, geralmente é entre 3:00 – 6:00 ou mais perto das 12:00 – 1:00 na posição do apêndice. Lâminas mais longas serão menos confortáveis ​​para transportar IWB, portanto esse estilo é melhor para facas menores. Não é possível adicionar ângulo para melhorar ainda mais o conforto.

Drop-Leg

O White River Knives Firecraft FC5 inclui uma bainha de couro para pernas pendentes e um cordão na coxa. Ele também possui dois presilhas adicionais para transporte estilo escoteiro.

O transporte de perna faz exatamente o que o nome implica. A bainha permanece presa ao cinto, mas um laço ou alça prolongada o abaixa ainda mais na perna do usuário. As bainhas das pernas também costumam ter tiras ou cordões secundários que envolvem a coxa, impedindo que a faca caia ou fique incomodando à medida que o usuário caminha ou corre.

Isso facilita o acesso à faca e ocupa menos espaço no cinto do que uma bainha montada diretamente na cintura. Alguns usuários também podem preferir essa posição inferior levando em consideração o ponto de vista do conforto.

Scout Carry

Lâmina fixa Gerber Ghoststrike na configuração de transporte de escoteiros.

No transporte de escoteiros, uma faca é usada horizontalmente paralela ao cinto. Tecnicamente, o transporte de escoteiros é apenas OWB com uma inclinação de 90 graus, mas consideramos único o suficiente para merecer sua própria categoria.

A bainha geralmente é usada na parte de trás das costas (6:00), mas também é às vezes posicionada no lado fraco para o desenho cruzado. O transporte de escoteiro oferece conforto, acessibilidade rápida e pode reduzir o risco de uma alça da bainha se prender à medida que você passa por alguma vegetação. Emparelhado com uma roupa mais longa, o transporte de escoteiro também oferece potencial de ocultação.

ESTILOS DE TRANSPORTE DA PARTE SUPERIOR DO CORPO

Posicionando-se acima da cintura, existem algumas opções para carregar uma faca na parte superior do corpo:

Cordão / Corrente para o Pescoço

Push-Dagger Gerber Ghoststrike usada em um cordão de pescoço.

O transporte para o pescoço é adequado apenas para facas pequenas e leves; portanto, é mais aplicável a lâminas secundárias para fins como autodefesa, esfolamento ou entalhe preciso. Uma faca no pescoço pode complementar uma faca maior, transportada em outro lugar nos seu equipamento.

Quando aberta, uma faca no pescoço é muito rápida para acessar com uma das mãos, ao contrário da maioria dos outros estilos de transporte que favorecem um lado. Quando usado atrás de uma camisa ou casaco, oferece excelente ocultação. A retenção sólida da bainha é essencial, uma vez que as facas do pescoço são quase sempre transportadas invertidas.

Alça de ombro ou equipamento no peito

O Mora Garberg Black Carbon inclui uma bainha compatível com MOLLE e alça de retenção adicional para transporte invertido.

Correias táticas para mochila, suportes para bolsos e etc, todos apresentam correias para adicionar equipamentos compatíveis com MOLLE. Essa correia facilita o encaixe de uma bainha de faca, especialmente se essa bainha foi projetada para ser diretamente compatível com o sistema MOLLE. Muitos pacotes não táticos de caminhadas e escaladas também apresentam alguma forma de correias às quais a bainha pode ser amarrada.

Microtech SOCOM Alpha montado verticalmente em um suporte de placas balísticas.

As facas de combate são frequentemente colocadas nas alças para acesso rápido com uma mão ou posicionadas vertical ou horizontalmente no cinto. Facas com arreios ou arreios autônomos, como o Kershaw Military descontinuado, são muito menos comuns, mas também podem se enquadrar nessa categoria.

Obviamente, existem inúmeras outras maneiras de amarrar uma faca na lateral de uma mochila ou colocá-la no bolso, mas a maioria delas não é acessível imediatamente ao usar a mochila.

ESTILOS DE TRANSPORTE DA PARTE INFERIOR DO CORPO

Bolso

O OpticsPlanet mostra como uma linha de paracord pode ser usada para reter uma bainha de lâmina fixa durante o transporte de bolso.

Se você tiver uma lâmina pequena o suficiente para caber dentro de um bolso, é possível carregá-la lá de várias maneiras diferentes. O primeiro e mais óbvio é simplesmente conectá-lo à bainha do bolso com o clipe existente da bainha, assumindo claro que ela tenha um clipe. Caso contrário, você pode usar um paracord para amarrar a bainha ao forro de bolso ou a algum outro ponto estático e implantar a faca em um único movimento.

Tornozelo / Bota

Gerber Ghoststrike Deluxe usado em um envoltório de neoprene no tornozelo.

Transporte de tornozelo / bota é outra opção para pequenas lâminas fixas orientadas para a autodefesa. Isso pode ser realizado com uma faixa resistente ao suor que envolve a panturrilha e prende a bainha, ou com uma bainha que se prende diretamente ao cano de uma bota. As facas de botas criadas especificamente para uso eram classicamente conhecidas como “punhais do jogador”, indicando a história sorrateira e traiçoeira por trás desse estilo de transporte.

Então, de todos os estilos de lâmina fixa descritos neste guia, quais você utiliza principalmente e os carrega de qual forma? Nos conte nos comentários.

Texto traduzido e adaptado do site Off Grid.

Anúncios

um comentário

  • Manoel Carlos

    Aproveitando-se o quadro acima, sugiro uma matéria para o porte de arma de fogo. Por exemplo: onde colocar a arma em uma academia de ginástica, ao ir em um banco e, por aí vai. Penso que seria muito producente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s