Acampando de moto na serra de SC! – Bota Suja Ep.13

Hoje a aventura será com o Ébano! Veja esse maluco subir a serra de moto, pernoitar e esquecer metade das coisas que deveria ter levado! rs.

Vamos acompanhar a jornada do Ébano de moto até o mirante da Boa Vista, na serra de Santa Catarina! Enfrentando tempo instável e uma memória falha, aposto que você vai se divertir nesse relato:

Em alguns casos, em casa de ferreiro o espeto é de pau. Por ter inventado essa pernoite no mesmo dia e com os equipamentos que tinha disponível no trabalho, seria esperado encontrar alguns perrengues… Mas tudo deu certo e o aprendizado com certeza fica!

CONHEÇA A SPOT: https://goo.gl/ot4toK

E aí, tem relato de esquecimentos em aventuras também? Compartilhe nos comentários!

Até.

Anúncios

um comentário

  • Caros Ébano, Lobo e leitores, gostaria que descrevesse os equipamentos que levou, a camara é muito boa à noite, qual é ela? Valeu ter limpado a caga..a dos outros, infelizmente a maioria é lixo, tanto é que gera lixo e deixa para os outros (minoria) limparem!
    Vale o esporro por ter dito que o céu estava lindo todo estrelado e sequer desviou a camara uns 70 graus para cima para que nos telespectadores pudéssemos ter um pálido vislumbre estelar (essa palavra é estranha, é relativa a estrelas, mas deveria ser relativa a estela, pedra!).
    Com relação ao cagaço noturno, deixo algum dado pertinente a predadores na américa latina. Em terra só existe UM real predador que pode atacar um humano até dentro da barraca, a onça pintada (panthera onca), no mais NENHUM predador sul americano tem disposição para atacar um humano salvo em situação extrema! Em situação extrema o puma (felix concolor) pode atacar humano, mas é muito raro e depende da massa do puma, só um macho tem porte para matar um humano de forma rapida (mas já li casos de dogo argentino matando um puma no corpo a corpo).
    Observo que se não está lá pela terra do Lobo, ou mais ao norte, o risco de achar uma onça pintada é mais remoto que achar político ou juiz justo nessa naçãozeca!
    O que deve temer REALMENTE são matilhas de cães vadios, essas são realmente perigosas e como lobos, os cães tem tecnica de caça baseado em esquema de guerrilha e são supinamente perigosos.
    Já na água, existem vários predadores letais para um humano na américa do sul, o mais formidável deles é o jacaré açu (açu no tupi guarany é gigante) ou caimão negro (melanossucus niger), mas não podemos desconsiderar sucuris (eunectis murinus), piranhas, e alguns piraibas, isso na questão eles terem porte ou apetite para comer um humano.
    Observo que coloco o nome científico não é para esnobar, é para que termos regionalistas não dificultem as pesquisas, com os nomes científicos podemos ter um bom apanhado de dados sobre os predadores.
    Cobras no geral são inofensivas, só são perigosas quando ameaçadas (as cascaveis crotalideas- são um caso à parte, são mansas e buscam alertar e não atacar, todo o respeito para com elas se faz necessário) já jararacas e outras do gênero Botrops são coisa para se manter o mais afastado possível, pois a jararacuçu (olha o “açu” aí) é uma víbora agressivíssima com mais de dois metros, é perigo certo! Já as urutus, também botrops, são as únicas víboras que dão um bote com mais de 30% do corpo inteiro, ou seja, o bote delas vai longe! Já a surucucu (que não tem por aí) é a maior cobra venenosa das américas, pode atingir mais de 4 metros e tem uma peçonha meio fraca, mas tem porte para ataque de forma franca! Antes foi chamada de chrotalus muta (chocalho mudo) porque entenderam ela do gênero crotálico pela ponta da cauda eriçada, hoje é vista como uma lachesis, e acabou ficando muta, lachesis muta por conta do muta anterior!
    Mosquitos são perigosos mais pela fragilidade atual do ser humano do que por real poder infectante, Candirús (esse é perigoso pelo estrago pontual nas vias urinárias ou anais) são perigosos mas nada que uma sunga ou biquini não resolva!
    Mas aí no sul, a coisa é mamão com açucar!
    Essa terra é privilegiada até nisso! Nem predador de porte a américa do sul tem!
    Assim ter medo de animal rondando a barraca não tem sentido, aí em SC não existe nenhum predador que te ameace! Aí, o risco é matilha de cães! Ou o pior de todos os predadores, “umanos”!
    É isso, é melhor encarar a caca de qualquer forma do que ficar assistindo imundície na TV ou enchendo o rabo de alcool! Assim, independente dos vacilos valeu a aventura.
    Agradeço a atenção
    Muito obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s